12 exemplos de estrangeirismos na língua portuguesa

Você sabia que palavras, expressões e até a forma de conversar dos brasileiros sofrem influência de outros idiomas e culturas?

Não é segredo que nossa língua não é 100% pura. Isso porque, ao longo dos séculos, acabamos incorporando palavras de outros idiomas para criar nosso próprio vocabulário. Esse conceito é chamado de estrangeirismo e pode ser encontrado em três formas diferentes na língua: a primeira é quando as palavras ou expressões utilizadas são grafadas e faladas da mesma forma que o dialeto nativo, a segunda, quando os termos estrangeiros se tornam tão comuns, que são adicionados ao dicionário do país, e a última, quando aportuguesamos a palavra, ou seja, aplicamos algum tipo de modificação, mas mantemos uma certa semelhança com a original.

Confira alguns exemplos:

 

  1. Trem (Train)

No português lá de Portugal, trem é chamado de comboio. Acontece que, no Brasil, a indústria ferroviária foi liderada por empresas americanas, que chamavam os vagões de train. Mais tarde, o som da palavra foi adaptado para a nossa língua e originou a palavra trem.

  1. Batom (Bâton)

Durante o Século II, o cosmético foi proibido em países como a Grécia e a Inglaterra. Foi apenas no século XX, em Paris, que o batom passou a ser fabricado da forma que conhecemos hoje. Por isso, seu nome é de origem francesa e significa bastão.

  1. Barroco (Boroque)

É um famoso estilo artístico marcado por adornos rebuscados. De todas as teorias, a mais aceita é que a palavra tenha se originado do espanhol ou do francês. Significa ‘irregular’.

  1. Bege (Beige)

A cor amarelada, relacionada à lã e ao conforto, é proveniente do francês e significa ‘sem cor’.

  1. Clipe (Clip)

Invenção da fábrica “A Gem Manufacturing Company”, o clipe é usado para agrupar papéis.

  1. Deletar (Delete)

Derivado do inglês, é equivalente a apagar.

  1. Impeachment

A palavra é derivada do verbo to impeach, em inglês, que foi adaptada do termo em francês, empêcher. Esse, por sua vez, se originou do latim, impedicare (capturar, caçar).

  1. Nocaute (Knockout)

O termo vem do inglês e significa bater com força.

  1. Omelete (Omelette)

A origem da omelete não é confirmada, mas uma das hipóteses é que seja uma variação francesa da palavra lamelle, que significa fatia.

  1. Xampu (Shampoo)

O produto de higiene pessoal é uma variação do inglês. Apesar de ter mais de uma forma conhecida e aceita popularmente no Brasil, o mais aceitável é escrever com a letra X. Curiosamente, em Portugal, xampu se escreve champô.

  1. Show

Do inglês, a palavra show entrou em nosso vocabulário sem nenhuma mudança na forma em que a escrevemos ou falamos.

  1. Freelancer

O termo designa o profissional que faz trabalhos temporários e de forma autônoma. A palavra, além de não sofrer variação para o português, ainda deu origem a gírias como freela.

 


Texto: Lana Nunes

ESTÁ BUSCANDO UMA EMPRESA DE TRADUÇÃO CONFIÁVEL?

Oferecemos serviços com alto padrão de qualidade, agilidade e confiabilidade para atender às suas necessidades de comunicação em um mundo cada vez mais globalizado.